This page is also available in your preferred language English.
 

Diferenças na visão sobre os chakras

Parece haver muitas diferenças em que as propriedades são atribuídas aos chakras por vários autores. Os nomes dos chakras diferem muito também.

Os nomes dos Chakras

O segundo chakra, aqui chamado de Chakra Sacral, é chamado às vezes de Chakra do Baço. Esta prática parece originar no livro de C.W. Leadbeater The Chakras (que era o primeiro livro para introduzir os chakras no oeste). Entretanto, Leadbeater é completamente explícito que o chakra Sacral (o chakra indiano de Svadhisthana) é diferente do chakra do baço. Ele considera que mesmo abrindo o chakra Sacral pode ser desastroso.

A descrição de Leadbeaters do chakra do baço carrega alguma semelhança às funções do baço de Medicina Chinesa (que pertence ao meridiano do Baço). Supõe-se para tratar da energia transportando durante todo o corpo. Não parece ter qualquer coisa na terra comum com o Baço do medicina ocidental, que purifica o sangue, porém Leadbeater situa o Chakra do Baço no baço.

Assim deve-se concluir que está incorreto chamar o Chakra Sacral de "Chakra do Baço".

As funções do terceiro chakra, o Chakra Umbigo, são relacionadas próxima às funções do Fígado e Vesícula Biliar de Medicina Chinesa. É sobre fazer afirmações e decisões. Muitos povos vieram a chamá-lo o Chakra Solar Plexus. A função do plexus solar, é distribuir sinais nervosos, apenas não tem na que se possa fazer com as funções do Chakra Umbigo.

A posição deste chakra está não no plexus solar, mas também não no Umbigo. Está em algum lugar dentro no meio, e não na parte dianteira do corpo, perto da espinha. Aqui o chakra conhecido como Umbigo é preferido, porque é mais neutro do que o Chakra do Plexus Solar, e não sugere uma função que não esteja neste chakra.

Pode ser que a pessoa goste do nome "O Chakra do Plexus Solar" como ele sugira a cor associada para este chakra, sendo amarelo.

Funções dos Chakras

Particularmente o chakra da coroa parece ser sujeito a idealizar-se por várias fontes. Supõe-se deixar somente na energia positiva, para ajudar a um que sabe o desconhecido, e para trazer um, em um estado do bliss. Isto parece ignorar que pode haver uns aspectos negativos sobre este chakra (Ex.: quando está em um estado excessivo).

O bliss não é realmente um estado, ele é uma reação emocional. Eu duvido que esse estado será o resultado de apenas um chakra que está sendo aberto, é muito mais provável que um estado equilibrado e aberto de todos os chakras resultaria nos sentimentos do bliss.

Locação dos Chakras

Há algumas diferenças onde cada chakra é supostamente para ser localizado. As diferenças estão como níveis no corpo são supostas para ser e se estão na parte dianteira ou na parte traseira do corpo.

Os chakras são frequentemente situados na parte dianteira do corpo, particularmente em muitos retratos bonitos, porém só as vezes na espinha. Os autores que os situam na parte dianteira, ou em algum outro lugar no corpo, frequentemente descrevem uma conexão com a espinha. Quase todos parecem concordar que os chakras enganam na metade do corpo (contudo há algumas exceções).

O primeiro Chakra, por muitos autores situado entre o ânus e as genitais. Mas há também aqueles que o localizam ao final da espinha (Ex.: Leadbeater).

O segundo chakra é geralmente localizado no osso Sacral, perto das genitais. Como discutido antes, alguns o confundem o Chakra do Baço (que não é o Sistema Indiano dos chakras) que é situado no baço (a costela inferior à esquerda do meio).

A localização do terceiro chakra se difere com cada autor, ou pelo menos é o que parece. Alguns localizam isso sobre metade da largura da mão abaixo do Chakra Umbigo, dentro do corpo. Esté é o mesmo tópico de Dan Tien sobre Medicina chinesa e artes marciais, portanto aqui parecem que estes centros de duas energias estão supostos para ser a mesma coisa. Outros o localizam na parte de trás do corpo ligeiramente acima do Umbigo. Então muitos pensam que está situado no Plexus Solar, que é justo sob o osso do peito, dois dedos acima do Umbigo, na parte dianteira do corpo. E há também autores que situam o ponto do Chakra Umbigo.

No site Kundalini Yoga, é proposto que há dois chakras aqui. O Chakra Sacral tendo as propriedades clássicas, localizado abaixo do Umbigo, e o Chakra do Plexus Solar.

O Chakra do Coração é o mais considerado para ser localizado no centro da Caixa Toráxica; contudo Leadbeater situa-o na frente do coração, à esquerda do meio.

Muitos autores concordam sobre a localização dos outros dois Chakras, o da Garganta e o Terceiro Olho. O Chakra da Garganta é a base da garganta em si, e o Terceiro Olho entre as sobrancelhas.

O Chakra da Coroa. É considerado por muitos para ser a ponto mais alto da cabeça, outros o consideram para ser acima da cabeça, não no corpo em si.

O que fazer com estas diferenças?

A pergunta é se essas diferenças importam.

As diferenças em nomear parecem ser o menor dos problemas, embora estes pareçam pertencer também à posições diferentes.

Contudo as diferenças nas localizações à primeira vista, não parecem ter tanta importância, este não é o caso. Muitas técnicas para abrir os chakras dependem da concentração no ponto onde o chakra é situado. Tanta concentração no ponto errado, faz as técnincas serem menos efetivas. As posições são sabidas mais exatamente, o melhor.

Seria bom se fosse bem claro quais funções os chakras têm. Mas desafortunadamente há algumas diferenças em opinião. Conhecimento como este tem que vir da observação das pessoas ou de si mesmo e há muitos fatores perturbando.